23 de Dezembro de 2021

Análise de mercado

As ações com o melhor e o pior desempenho de 2021

O ano foi histórico para o mercado de ações. Poucas vezes o mercado ofereceu tanta exuberância e oportunidades de lucratividade para investidores e traders de varejo. Poucas vezes a diferença entre os melhores e os piores desempenhos foi tão grande. 

É claro que bom desempenho é uma questão de perspectiva e tolerância ao risco. E as opiniões podem variar muito dependendo também do horizonte de tempo. Ninguém quer ficar a ver navios quando uma ação sobrevalorizada despenca. 

Portanto, antes de prosseguirmos, queremos dar alguns conselhos. 

As ações descritas abaixo podem ou não ser uma boa opção para sua carteira de negociação neste momento. Conduza uma pesquisa própria antes de decidir se um ativo é adequado para sua estratégia, seus objetivos e o período de investimento. 

E com isso resolvido, vamos dar uma olhada nos melhores e nos piores desempenhos de 2021, com base no acumulado do ano. 

Começaremos com as ações que dispararam, apesar da volatilidade induzida pela pandemia, e conseguiram esmagar as expectativas do mercado.

As ações com melhor desempenho em 2021 

1. AMC e GameStop

É surpresa para alguém que as ações favoritas e altamente controversas de memes da Internet possam ter subido tanto este ano? Provavelmente para todo mundo. Ainda assim, a AMC Entertainment Holdings, Inc. e a GameStop Corp. forneceram aos seus acionistas retornos de mais de 1.370% e 800%, respectivamente. 

As ações da GME tiveram movimentação volátil ao longo do ano, o que é esperado de um ativo do tipo especulativo. Em janeiro de 2021, a GME já saiu com tudo, atingindo uma nova máxima histórica de US$ 321, e depois de vários picos e vales, está sendo negociada atualmente perto de US$ 157, um ganho de 800% no acumulado do ano.

O resultado da empresa no terceiro trimestre registrou vendas líquidas de US$ 1,29 bilhão, em comparação com a receita de US$ 1 bilhão no terceiro trimestre do ano passado. De acordo com o relatório de lucros, a alta é atribuída a novas relações comerciais da companhia com empresas como Samsung, LG e Razer, entre outras. 

As ações da AMC podem estar mudando de mãos com o nível modesto de US$ 29 recentemente, mas seus ganhos acumulados no ano ultrapassaram 1.300%. Suas receitas no terceiro trimestre de 2021 alcançaram US$ 763 milhões, em comparação com o consenso de US$ 708, já que mais de 40 milhões de cinéfilos se aglomeraram nos cinemas da empresa em meio ao aumento das taxas de vacinação. 

A receita também deve crescer 41% ao acumulado do ano e, até o final do terceiro trimestre, a AMC tinha mais de US$ 1,8 bilhão em caixa e equivalentes de caixa.

2. Moderna

As ações de empresas que produzem vacinas provavelmente continuarão cada vez mais saudáveis à medida que a pandemia continua dominando as manchetes. E como a Moderna, Inc. já anunciou que sua dose de reforço é eficaz no combate à variante Ômicron, suas ações podem continuar a subir. 

A Moderna está sendo negociada atualmente a US$ 276, muito longe da sua máxima histórica de US$ 480, alcançada em agosto de 2021, mas ainda subiu mais de 147% no acumulado do ano. 

É certo que os ganhos da Moderna no terceiro trimestre ficaram abaixo das expectativas dos analistas; no entanto, as receitas chegaram a US$ 5 bilhões, tornando a empresa lucrativa, tudo graças às vendas de vacinas. Para efeito de comparação, as receitas do terceiro trimestre do ano anterior foram de apenas US$ 157 milhões.

No geral, essa empresa de biotecnologia tem um ótimo balanço e possui um histórico comprovado. 

3. Ford Motor Company

A Ford pode ter enfrentado adversidades devido à volatilidade nos preços do petróleo e à crescente escassez no fornecimento de chips; no entanto, a montadora americana teve um grande desempenho este ano e foi uma das poucas que conseguiu superar o S&P 500 em 2021. 

Atualmente, as ações da Ford estão perto de US$ 19, um grande nível de resistência, depois de terem caído de sua máxima histórica de US$ 21. As ações subiram mais de 114% no acumulado do ano em meio a uma série de relatórios de lucros melhores do que o esperado, e as estimativas dos analistas sugerem que ainda estejam amplamente desvalorizadas em mais de 30%. 

A empresa está investindo pesadamente em veículos eletrificados, o que poderia deixá-la em posição de superar a Tesla nos próximos anos. 

A Ford alcançou ótimos resultados no terceiro trimestre, com US$ 35,7 bilhões em receita e um lucro líquido de US$ 1,8 bilhão. 

4. Nvidia

A NVIDIA Corporation projeta unidades de processamento gráfico (GPUs) para os mercados de jogos e profissionais, bem como unidades de sistema em um chip (SOCs) que alimentam sistemas de computação de inteligência artificial e alto desempenho.

As ações da NVIDIA tiveram um ótimo desempenho em 2021, crescendo 107% no acumulado do ano.  No terceiro trimestre de 2021, a NVIDIA relatou uma receita recorde de US$ 7,10 bilhões, ganho de 9% em relação ao trimestre anterior, e de 50% em relação ao terceiro trimestre de 2020. 

5. Alphabet (Google)

Embora os ganhos recordes de capitalização de mercado do grupo de ações FAANG durante a pandemia o tenham colocado em uma categoria própria, seria injusto não mencionar o grande vencedor do rali de ações de tecnologia em Wall Street este ano.

As ações da Google cresceram 64% no acumulado, começando o ano em modestos US$ 1.726, e agora chegando a US$ 2.832. A capitalização de mercado da empresa atingiu a marca de US$ 2 trilhões pela primeira vez em novembro, antes que as ações caíssem abaixo do patamar de US$ 3.000. 

No entanto, o crescimento futuro não é um problema para a Google, e o CEO da empresa está confiante que a receita com pesquisa e anúncios em breve levará a valorização para US$ 3 trilhões.    

As ações com pior desempenho em 2021

Agora, vamos às ações com o desempenho mais decepcionante. No entanto, é importante lembrar que uma ação enfraquecida pode não estar completamente fora do jogo; pelo contrário, pode representar uma oportunidade de compra para investidores pacientes que possam mantê-la durante a queda. 

1. Twitter

O preço das ações do Twitter caiu 18% no acumulado do ano, apesar de os lucros do terceiro trimestre terem atendido às estimativas dos analistas.

A receita do terceiro trimestre cresceu para US$ 1,284 bilhão, em comparação com as expectativas de US$ 1,285. Isso significa um aumento de 37% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. E a previsão é de que o lucro cresça 67% ao ano.

Portanto, embora o Twitter possa ter tido um desempenho inferior este ano, os investidores podem considerar que estão diante de uma boa oportunidade para comprar com desconto. 

2. Paypal

O titã dos pagamentos digitais é avaliado atualmente em US$ 222 bilhões. O Paypal atingiu um pico de US$ 358 em julho de 2021, mas agora está sendo negociado bem abaixo da sua máxima, em US$ 189.

Os lucros do PayPal acumulados no ano também caíram 18%, visto que os ganhos do terceiro trimestre ficaram bastante abaixo do esperado. Apesar da receita de US$ 6,1 bilhões no terceiro trimestre, um aumento de 13% ano a ano, esse foi um dos trimestres mais fracos do PayPal nos últimos anos. 

3. Zoom

Embora o Zoom seja o maior exemplo de uma ação que prosperou durante a pandemia, agora ela passa por uma desaceleração dramática.

As ações do Zoom despencaram em 2021 e agora estão 44% abaixo no acumulado do ano, enquanto os lucros estão mais fortes do que nunca. A receita do terceiro trimestre chegou a US$ 1,05 bilhão, superando as expectativas em 35%.

O Zoom também gerou mais de US$ 390 milhões em fluxo de caixa livre no terceiro trimestre, para um total de US$ 1,6 bilhão este ano.

4. Alibaba

As ações da Alibaba sofreram um duro golpe em 2021, saindo de US$ 270 em fevereiro para US$ 120 em 22 de dezembro, o que levou seu desempenho acumulado no ano para uma queda de 48%.

O desempenho decepcionante só piora quando comparado à concorrência nos Estados Unidos, que disparou este ano. No entanto, as perdas têm mais a ver com o governo chinês e seus esforços para conter grandes tecnologias, especialmente a Alibaba e seu CEO, Jack Ma.  

No relatório de lucros da Alibaba no terceiro trimestre, a empresa relatou US$ 31,147 milhões em receita, o que se traduz em um aumento de 29% ano a ano.

Para finalizar

A pandemia acelerou tendências e ampliou a lacuna entre as ações de pequena e grande capitalização. O mundo, a economia global e os mercados financeiros provavelmente permanecerão mudados para sempre por esses eventos, que se refletem nas oscilações dos próprios gráficos. 

Ainda faltam alguns dias para nos despedirmos de um 2021 altamente turbulento e igualmente empolgante. No entanto, o mercado ainda pode conter surpresas, apesar da expectativa de liquidez escassa em meio às festas de fim de ano.

Esta foi nossa análise do ano e estamos ansiosos para ver as novas oportunidades que nos aguardam em 2022. 

Artigos relacionados